DENTIÇAO DOS EQUINOS

Autor: Dr Marcelo Maia

A dentição, sofrendo mudanças ao longos dos anos, divide-se em 7 fases.

 

FASE 1 - ERUPÇÃO DOS CADUCOS
 - Nascem os pinças (dentes incisivos da frente) até à 1º semana de vida;
- Nascem os médios (dentes incisivos seguintes aos pinças) até ao 1º mês de vida;
- Nascem os cantos (incisivos mais das pontas) até ao 6º mês de vida.

 

FASE 2 - RASAMENTO DOS CADUCOS
- Rasam os pinças ao ano;
- Rasam o médios ao ano e meio;
- Rasam os cantos aos 2 anos.

 

FASE 3 - MUDA DOS CADUCOS
- Os pinças mudam-se aos 2,5 anos e acabam de crescer aos 3 anos;
- Os médios mudam-se aos 3,5 anos e acabam d crescer aos 4 anos;
- Os cantos mudam-se aos 4,5 anos e acabam de crescer aos 5 anos.

 

FASE 4 - RASAMENTOS DOS DEFINITIVOS
- Surgem os caninos nos machos, entre os 5 e 6 anos;
- Começam a rasar os pinças aos 6 anos;
- Começam a rasar os médios aos 7 anos;
- Começam a rasar os cantos aos 8 anos.

 

FASE 5 - ARREDONDAMENTO DOS INCISIVOS
- Nesta fase, os incisivos que antes eram rectos na parte de fora e redondos na parte interior, começam agora a ficar arredondados, devido ao desgaste.
- Os pinças começam a arredondar aos 9 anos;
- Os médios, ao 10 anos;
- Os cantos entre os 11 e 12 anos.

 

FASE 6 - TRIÂNGULARIDADE
- Na continuidade do desgaste dos dentes, começa a atingir-se a triangularidade, o que significa que os dentes tomam a forma de triângulos, com o bico virado para dentro;
- Pinças – aos 14 anos;
- Médios – aos 15 anos;
- Cantos – entre os 16 e 17 anos

 

FASE 7 - BIÂNGULARIDADE
- Nesta fase o ângulo feito entre os incisivos do maxilar superior e inferior começa a agudizar. Até esta data os dentes eram mais ao menos verticais uns com os outros…a partir de agora, começam a ficar em forma de <…progressivamente.
- Pinças – aos 18 anos
- Médios – aos 19 anos
- Cantos – aos 21 anos
- Também começa a surgir, perto dos 10 anos, uma linha nos cantos superiores, que começa em cima, perto da gengiva e atinge, aos 20 anos, o fim do dente. Esta linha é conhecida como Linha de Galvayne.

 

Fonte: www.saudeanimal.com.br